fbpx

Do saquê à saquerinha

Popularizado no Brasil pelas saquerinhas, o saquê, ao contrário do que se pensa, é uma bebida fina, classificada na mesma categoria do vinho

Em um dia de calor, com um grupo de amigos, uma bebida refrescante sempre cai bem. Por esse motivo, o saquê acabou se tornando popular no Brasil, principalmente por meio das saquerinhas, ou caipirinhas de saquê, drinks preparados com adição de gelo e frutas ao saquê. Entretanto, o saquê legítimo é preparado e servido de outra forma. Com a proximidade do dia 1º de outubro, quando é comemorado o dia do Saquê, nada melhor do que desvendar alguns mitos dessa bebida oriental.

Feita basicamente de água e da fermentação do arroz, o saquê (ou saqué) é uma bebida tradicional do Japão, mas a sua origem ainda é fonte de controvérsias. No Brasil, a bebida pode ser encontrada com facilidade no bairro da Liberdade, em São Paulo, onde se concentra grande parte da colônia japonesa do país, em lojas de bebidas ou nas izakayas, botecos japoneses especializados em vendas de saquê.

Como no Japão

  • O saquê legítimo é tomado geralmente quente e puro.
  • A melhor temperatura para ser servido é de 35°C.
  • O sal, geralmente colocado nas bordas do copo, pode soar ofensivo para alguns japoneses porque antigamente essa prática era usada para mascarar a qualidade do saquê.
  • Os recipientes corretos para apreciar um saquê são os tokkurins e guinomis, garrafas e copinhos feitos de vidro, porcelana ou cerâmica, dependendo da temperatura em que a bebida será servida. Os de vidro são ideais para os saquês resfriados, e os de cerâmica e porcelana, para saquês aquecidos.
  • Ao ser servido, o saquê deve ser derramado como sinal de prosperidade.
  • A tradição japonesa manda que sejam servidos primeiros os convidados, e depois um dos convidados deve servir o anfitrião.
  • Uma garrafa de saquê pode ser mantida por até dois anos sem que o sabor natural se altere.

Eu quero saquerinha

No Brasil, o saquê se popularizou graças às saquerinhas, ou caipirinhas de saquê. A bebida pode ser pedida em qualquer bar ou até mesmo ser feita em casa, para isso, não é necessário comprar garrafas premium de saquê.

Algumas marcas, inclusive, são ideais para preparar as saquerinhas, servidas geladas e preparadas com alguma fruta, como, por exemplo, kiwi, morango ou abacaxi. Veja, a seguir, como preparar uma deliciosa saquerinha de kiwi.

Ingredientes:

  • 1 kiwi descascado cortado em pedaços.
  • 180 ml de saquê.
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • Gelo picado

Modo de preparo: Em uma coqueteleira, coloque o kiwi em pedaços e o açúcar. Com a ajuda de um socador, amasse bem os ingredientes. Adicione o saquê e o gelo, feche a coqueteleira e misture, chacoalhando bem o conteúdo. Sirva em seguida.

03 de Janeiro de 2019
Por Leandro Oliveira

Posts Relacionados

Lençóis Maranhenses

Destino Certo|

Depois de se aposentar como enfermeira, Lucia Caldas passou a se dedicar à fotografia. Ela apresenta as fotos e relembra os momentos que passou nos Lençóis Maranhenses, um paraíso na terra.

A natureza selvagem da Namíbia

Destino Certo|

A fotógrafa e viajante Cinthia Paranhos fez uma viagem para a Namíbia. Ela escolheu o país pelas paisagens inóspitas do deserto e a possibilidade de ver muitos animais selvagens.

Voluntariado na África

Destino Certo|

Lucia Caldas é apaixonada por viagens, fotografias, culturas e povos. Ela conta sobre sua viagem para a África e como o voluntariado impactou sua maneira de ser e de ver no mundo.

2018-12-17T17:42:24+00:00